Filme Socialismo (2010, Jean-Luc Godard)

De todas as formas, estamos incluídos entre as milhares de imagens que Jean-Luc Godard impulsiona com a montagem em Filme Socialismo, como que para entender/afirmar ao mesmo tempo o mundo e os discursos por dentro de sua representação estética: o mundo conforme lhe atravessa o tempo presente (as imagens aceleradas em 100 vezes no trailer do filme exibido em Cannes), as imagens que correrão para dar conta desse mundo; e todos os discursos que se deslocam ou não do que é mostrado e preservado. Com Filme Socialismo, abrimos finalmente a seção Filme em Foco. Para as milhares de imagens de Godard, sete olhares nossos. Tiros para todos os lados.

Ricardo Lessa Filho e Ranieri Brandão

Fevereiro de 2011

> Do tempo embalsamadoFernando Mendonça

> Outras dimensõesRicardo Lessa Filho

> Godard em seu quarto Rodrigo Almeida

> Um socialismo estético: notas para discussãoAndré Antônio

> Litania do primata fuliginosoBruno Rafael

> Ondas passadas – Nuno Balducci

> Como abraçar a(s) História(s)?Ranieri Brandão



ISSN 2238-5290