A ave sai do ovo



E logo dorme.

O mundo passa

e ela não sonha.

Escuta ruídos.

Escuta canções.

O diabo está por perto.

O ovo é um mundo.

Para a ave nascer

foi preciso destruir a casca.

O diabo nunca dorme e a espera lá fora

(Paráfrase de Demian, de Hermann Hesse e de diálogos de O Mensageiro do Diabo)

Rodrigo Almeida


ISSN 2238-5290