“A maior dor do vento é não ser colorido”

Filme: Rio Grande (1950, John Ford)

Matheus Kerniski

Maio de 2015


ISSN 2238-5290